“Olha que coisa mais linda, mais cheia de graça”: a violência física e simbólica contra a mulher na Marca Rio (2016-2018)

Caderno Espaço Feminino, v. 32, n. 2, p. 250-279

Diego Santos Vieira de Jesus, Daniel Kamlot, Veranise Jacubowski Correia Dubeux, Patricia Cerqueira Reis e Diogo Tavares Robaina

2019

Link: http://www.seer.ufu.br/index.php/neguem/article/view/53016

Um comentário em ““Olha que coisa mais linda, mais cheia de graça”: a violência física e simbólica contra a mulher na Marca Rio (2016-2018)”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.