Diplomatas negros veem Itamaraty mais diverso, mas relatam racismo velado

Em entrevista concedida à Folha de S. Paulo, a pesquisadora Karla Gobo, do LCC, afirma que o Itamaraty sempre foi um local de difícil acesso para a população negra e que a predominância de brancos advém do Brasil Império, quando se consolida a seleção de uma elite branca para a ocupação de cargos no Ministério. Entraves ainda permanecem à entrada de candidatos negros na prova do Instituto Rio Branco, como a prova de inglês, algo semelhante ao que ocorre com alunos de escolas públicas no Exame Nacional do Ensino Médio.

Folha de S. Paulo, 18/11/2021

Link: https://www1.folha.uol.com.br/mundo/2021/11/diplomatas-negros-veem-itamaraty-mais-diverso-mas-relatam-racismo-velado.shtml?utm_source=twitter&utm_medium=social&utm_campaign=twfolha

In the Arms of Unconsciousness: Capitalism, Creative Economy, and the End of Rest in Gustavo Vinagre’s ‘Unlearning to Sleep’

Journal of Literature and Art Studies, v. 11, n. 10, p. 759-763

Diego Santos Vieira de Jesus

2021

Link: http://www.davidpublisher.com/index.php/Home/Article/index?id=46391.html

Rio de Janeiro, cultural consumption experiences in the new port area: the Museum of Tomorrow, Rio Art Museum and the National Museum of Fine Arts

Creative Industries Journal, early publication

Alessandra Antunes Corrêa Baiocchi, Luís Alexandre G. de P. Pessôa, Flávia Barroso Mello, Daniel Kamlot e Veranise Jacubowski Correia Dubeux

2021

Link: https://www.tandfonline.com/doi/full/10.1080/17510694.2021.1992881

COVID-19: Apreciação de mudanças comportamentais com base nos preceitos do marketing social

Teoria e Prática em Administração, v. 11, n. especial em saúde, s.p.

Daniel Kamlot

2021

Link: https://periodicos.ufpb.br/index.php/tpa/article/view/58126/34172

Competências empreendedoras mandatórias para o enfrentamento de um ambiente de crise: uma análise do setor da moda fluminense

Dobras, n. 32, p. 283-302

Luiza Silva Calado, Daniel Kamlot e Veranise Jacubowski Correia Dubeux

2021

Link: https://dobras.emnuvens.com.br/dobras/article/view/1377

Quem representa a diplomacia brasileira?

Em artigo publicado na coluna “Democracia e Diplomacia”, da UOL, a pesquisadora Karla Gobo, do LCC, e Claudia Santos, doutoranda da UFPR, abordaram a lenta mudança da diplomacia para um retrato mais fiel da sociedade brasileira, que é majoritariamente composta por mulheres e não brancos e ainda reflete características dos espaços de elite no Brasil.

Democracia e Diplomacia (UOL), 26/07/2021

Link: https://noticias.uol.com.br/colunas/democracia-e-diplomacia/2021/07/26/quem-representa-a-diplomacia-brasileira.htm

Relatório de pesquisa – Associação Cultural Filhos de Gandhi: diagnóstico, planos de comunicação e estratégias de sustentabilidade financeira

Autores docentes do MPGEC: Veranise Jacubowski Correia Dubeux (LCC) e Daniel Kamlot (LCC)

Autores discentes do MPGEC: Eliza Cristina Santana e Silva Santos, Jefferson Yuji Watanabe, Larissa de Moraes Barbosa Borges, Lucas Silva da Costa, Maria Carolina Göpfert Palhano Leal, Márcio Marão Pinheiro, Pedro Henrique Santos Dias, Péricles Augustus Caetano, Priscila Dau de Mesquita e Renan França dos Santos Rodrigues

Descrição: O relatório é fruto de uma pesquisa que busca propor direções para a nova gestão da  Associação Cultural Filhos de Gandhi a fim de colaborar com seu plano de reestruturação. Essa orientação toma forma por meio de um plano sustentado em dois pilares: estratégias para sustentabilidade financeira e estratégia para a comunicação do Afoxé Filhos de Gandhi.

2021

Link: https://lccespm1.wpengine.com/wp-content/uploads/2021/07/relatorio-de-pesquisa-Gandhi-2021-.pdf

Imagem: Mazé Mixo

Exame de Qualificação de Daniel Santiago

Data: 29/06/2021

O estudante Daniel Rabha Nunes Santiago foi aprovado no exame de qualificação do projeto de Trabalho de Conclusão de Mestrado, intitulado “Experimente o vento: Aspectos relacionados à construção de uma experiência esportiva na modalidade vela”. O Trabalho de Conclusão é um dos pré-requisitos para a obtenção do título de Mestre pelo Programa de Mestrado Profissional em Gestão da Economia Criativa (MPGEC), da ESPM-Rio.

O projeto foi orientado pela professora e pesquisadora do LCC Veranise Dubeux. Fizeram parte da banca como avaliadores os professores Daniel Kamlot, do LCC, e Luís Pessôa, da PUC-Rio. O professor Marco Aurélio de Sá Ribeiro, da ESPM-Rio, foi convidado para compor a banca.

Blinding Lights: the Creative Queer Geography of Daniel Nolasco’s Dry Wind

Journal of Literature and Art Studies, v. 11, n. 5, p. 345-350

Diego Santos Vieira de Jesus

2021

Link: http://www.davidpublisher.org/index.php/Home/Article/index?id=45678.html